Prêmio Deusa Lendari: autores indicados

Para começar bem o ano de 2020, anunciamos os contos e autores indicados ao Prêmio Deusa Lendari, que reúne o que há de melhor nas antologias de 2018 e 2019. “Contos lendários reunidos” traz 27 histórias de 25 autores, sugeridos pelos organizadores e editor-chefe, os quais poderão ser votados pelo público para a definição dos três vencedores e uma menção honrosa.

Com belíssima capa de Marina Ávila, “Contos lendários reunidos” conta com histórias das seguintes antologias: “Creepypastas: lendas da internet”, “2084: Mundos Cyberpunks”, “Simulacro & Simulação: histórias sobre falhas na realidade”, “Dos Mortos: ano um”, “Intercontinental 767”, “Creepypastas: lendas da internet (volume 2)” e “Creepypastas: lendas da internet (volume 3)”.

“Contos lendários reunidos”, capa de Marina Ávila para o Prêmio Deusa Lendari.

A partir de fevereiro, a obra estará disponível gratuitamente na Amazon e outras lojas digitais para apreciação do público, ao mesmo tempo em que uma campanha de financiamento coletivo servirá para financiar uma tiragem maior da versão impressa e, também, como plataforma de votação popular. Cada votante poderá escolher três contos.

Premiações

O melhor conto definido via votação popular ganhará R$ 600, estatueta e contrato de publicação de obra inédita para 2021. O segundo melhor conto levará R$ 400, estatueta e contrato de publicação de obra inédita para 2021. Já o terceiro melhor conto levará R$ 200 e estatueta, enquanto a menção honrosa ganhará R$ 100 e estatueta. Todos os autores receberão certificados de indicação.

A seguir, a lista de autores indicados:

“O ruído nas trevas”, por Alfredo Alvarenga (Creepypastas: lendas da internet)

“Morte em 140 caracteres”, por André Comanche (Creepypastas: lendas da internet)

“Morta”, por Bruno Godoi (Creepypastas: lendas da internet)

“Mensagens ao deus do profundo”, por Igor Chacon (Creepypastas: lendas da internet)

“A parteira”, por Kelly Amorim (Creepypastas: lendas da internet)

“#SaveLorraineHellen”, por Raquel Pagno (Creepypastas: lendas da internet)

“O canto do galo gaulês”, por Bruno Bianchi (2084: Mundos Cyberpunks)

“1001 Usos para um desfibrilador cefalorraquidiano”, por Thiago Loriggio (2084: Mundos Cyberpunks)

“A penúltima morte de Edgar”, por Caesar Charone (Simulacro & Simulação)

“O mistério entre as árvores”, por Vitor Henrique (Simulacro & Simulação)

“A vida é mais calma no mar”, por Vitor de Lerbo (Dos Mortos: ano um)

“Tempo maldito”, por Renato Baroni (Dos Mortos: ano um)

“A quadragésima semana”, por Fidel C. Borges (Dos Mortos: ano um)

“Vila sem rosto”, por Guilherme Macedo (Dos Mortos: ano um)

“Lúcio Chagas, passageiro do assento 19F”, por Pedro Diniz (Intercontinental 767)

“André, passageiro do assento 13H”, por Alan de Sá (Intercontinental 767)

“Pedro, passageiro do assento 32B”, por Rubens Travassos Filho (Intercontinental 767)

“Tobias, passageiro do assento 28A”, por Bruno Haulfermet (Intercontinental 767)

“Wilson, passageiro da 48L”, por Clóvis Nicácio Pereira (Intercontinental 767)

“Segredos Bem Casados”, por Francine Cândido (Creepypastas: lendas da internet 2)

“Y2K”, por Raquel Pagno (Creepypastas: lendas da internet 2)

“Ed, 1990”, por Bruno Godoi (Creepypastas: lendas da internet 2)

“Boneca Russa”, por Alex Souza (Creepypastas: lendas da internet 2)

“O que você está procurando, hein?!”, por Raquel Pagno (Creepypastas: lendas da internet 3)

“Quando a esmola é demais até o santo desconfia”, por Monaliza Silva (Creepypastas: lendas da internet 3)

“O estranho caso do vírus”, por Ricardo Celestino (Creepypastas: lendas da internet 3)

“A anomalia deus”, por Luiz Andrade (Creepypastas: lendas da internet 3)

Last modified: 14/01/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *